Voltar
02 de junho de 2020

Grupo RBS, Lebes e Renner promovem novas entregas de máscaras em Porto Alegre

Ruas da Cruzeiro foram percorridas por integrantes da Cufa

 

Na manhã desta quinta-feira (28), a ação social fruto da parceria formada por Grupo RBS, Lojas Lebes e Lojas Renner deu continuidade à doação de máscaras e entregou 20 mil peças na Cruzeiro, em Porto Alegre. A primeira doação ocorreu em Passo Fundo, no Norte do Estado, na semana passada. A segunda foi nos bairros Bom Jesus e Partenon, em Porto Alegre, nesta terça-feira (26). O objetivo da campanha “Responsabilidade, Vista essa Causa” é ajudar a população mais vulnerável a se proteger contra a doença.

Leia mais
Grupo RBS, Renner, Lebes e Cufa entregam 40 mil máscaras em comunidade de Passo Fundo
Grupo RBS, Lebes e Renner doam 40 mil máscaras para comunidades vulneráveis de Porto Alegre

Entre ruas estreitas e subidas íngremes, integrantes da Central Única das Favelas (Cufa) entregaram os itens de proteção individual na Cruzeiro, zona sul da Capital. No local, muitas pessoas estavam circulando sem máscaras. Logo na subida de uma rua estreita, junto à Avenida Moab Caldas, a auxiliar de serviços gerais Izelia Antônio da Silva, 51 anos, recebeu na janela três kits: para o esposo, para ela e para o sobrinho.

— Eu uso no trabalho. Quanto mais a gente usar, mas a gente se acostuma — diz.

Representante institucional da Cufa, Ivanete Pereira abordava os moradores como se encontrasse um amigo de longa data. Além da doação, dava orientações e destacava a importância da máscara.

— É uma nova cultura. Eles têm que proteger a si para proteger aos outros.

Na frente de casa, o aposentado Valdomiro Bueno, 78 anos, estava sem máscara e justificou dizendo que sai pouco de casa.

— Agora, eu vou ter uma máscara para ir ao mercado — comemorou.

Também sem máscara, a empreendedora Simone dos Santos das Neves, 34 anos, recebeu o equipamento de proteção no portão de casa.

— É uma nova cultura. Eles têm que proteger a si para proteger aos outros.

Na frente de casa, o aposentado Valdomiro Bueno, 78 anos, estava sem máscara e justificou dizendo que sai pouco de casa.

— Agora, eu vou ter uma máscara para ir ao mercado — comemorou.

Também sem máscara, a empreendedora Simone dos Santos das Neves, 34 anos, recebeu o equipamento de proteção no portão de casa.

 

Fonte: Diário Gaúcho

Voltar para notícias