Voltar
02 de junho de 2020

Grupo RBS, Renner, Lebes e Cufa entregam 40 mil máscaras em comunidade de Passo Fundo

Cidade do Norte é a segunda com maior número de mortos por covid-19 no Estado

 

Segunda cidade com maior número de mortos por covid-19 no Rio Grande do Sul, atrás apenas de Porto Alegre —, Passo Fundo, no Norte do Estado, foi o primeiro destino de uma ação social que tem como objetivo ajudar a população mais vulnerável a se proteger contra a doença. Parceria formada por Grupo RBS, Lojas Lebes e Lojas Renner, o projeto “Responsabilidade. Vista essa causa” distribuiu, nesta sexta-feira (22), milhares de máscaras de proteção para moradores da comunidade de Valinhos.

Com cerca de 7 mil habitantes, a maioria deles em áreas irregulares, o local foi indicado pela Central Única das Favelas (Cufa) para ser o primeiro contemplado com a ação. Em algumas casas, os voluntários foram recebidos com aplausos dos moradores.

— Muitas pessoas vivem em lugares sem infraestrutura, com esgoto a céu aberto. E não têm R$ 5 ou R$ 10 para comprar uma máscara. Algumas famílias estavam revezando para poder sair. Essa ação é de suma importância para que essas pessoas possam circular em segurança — destaca Marcelo Godoy Nery, coordenador da Cufa Passo Fundo.

Para a dona de casa Rosa Alves, moradora da comunidade, as máscaras vieram em boa hora:

— Somos em cinco pessoas em casa. Cada vez que vamos comprar, é bastante.

Cada pessoa recebeu um kit com duas máscaras de tecido produzidas por pequenas e médias empresas do setor têxtil. O trabalho deve seguir pelos próximos dias, quando um grupo da Cufa deve realizar a distribuição em comunidades carentes do bairro Integração, em Passo Fundo. Além do acessório, indispensável à circulação durante a pandemia — seu uso está previsto no decreto estadual de distanciamento controlado —, os moradores receberam orientações sobre como utilizá-lo e higienizá-lo.

Passo Fundo foi o primeiro de cinco municípios a receber os kits da campanha — foram 20 mil, totalizando 40 mil máscaras. O próximo será Porto Alegre, entre 26 e 28 de maio, seguido de Santa Maria, na Região Central, Pelotas, no Sul, e Caxias do Sul, na Serra.

A iniciativa prevê ações de comunicação em todos os veículos da RBS, com o objetivo de conscientizar o público para o uso de máscaras e apoiar a uma parte da cadeia produtiva do RS que está sofrendo diretamente com a crise econômica: as pequenas e médias empresas do setor têxtil. Se alguma empresa quiser ajudar a ampliar o número de máscaras doadas, basta manifestar interesse a partir de um e-mail para vistaessacausa@gruporbs.com.br.

 

Fonte: GaúchaZH

Voltar para notícias